Estoque de crédito fica estável e inadimplência não cede

Segundo o BC, estoque total de crédito no Brasil ficou estável em janeiro ante dezembro, chegando a 53,2% do PIB

Brasília – O estoque total de crédito no Brasil ficou estável em janeiro ante dezembro, chegando a 2,367 trilhões de reais, ou 53,2 por cento do PIB, informou o Banco Central (BC) nesta terça-feira.

O BC informou também que a taxa de inadimplência ficou em 5,6 por cento em janeiro, estável em relação sobre dezembro.

Ainda segundo o BC, o spread bancário –diferença entre o custo de captação e o efetivamente cobrado pelos bancos– no segmento de recursos livres ficou em 18,3 pontos percentuais no mês passado, ante 17,6 pontos percentuais em dezembro.

O spread em operações de crédito direcionado ficou em 3,1 pontos em janeiro, ante 2,4 pontos do mês anterior. Já o spread total, incluindo os segmentos livre e direcionado, ficou em 12,2 pontos no mês passado, ante 11,5 pontos em dezembro.