Equador quer deixar pacto sobre corte de produção de petróleo

O país andino alegará problemas fiscais devido aos preços mais baixos da commodity; o Equador está buscando apoio de integrantes da Opep para a solicitação

Tiputini – O ministro do Petróleo do Equador, Carlos Perez, disse nesta quinta-feira que o país andino solicitará sua exclusão das cotas de produção da Organização dos País Exportadores de Petróleo (Opep) em novembro, citando problemas fiscais devido aos preços mais baixos da commodity.

O Equador está buscando apoio de integrantes da Opep, incluindo Arábia Saudita e Venezuela, para a solicitação, disse Perez a jornalistas durante uma visita a um campo de petróleo no país.