Enriquecer na Ásia é mais rápido do que em outras regiões

Número de pessoas com uma fortuna superior a 1 bilhão de dólares aumentou em 52 neste ano, totalizando 560 em todo o continente

Singapura – Os multimilionários da Ásia ficaram ricos mais rapidamente do que os ricos de outras regiões do mundo, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira.

Na Ásia, o número de pessoas com uma fortuna superior a 1 bilhão de dólares aumentou em 52 neste ano, totalizando 560 em todo o continente, segundo o estudo realizado conjuntamente pela Wealth-X, empresa de pesquisa em Singapura, e pelo banco suíço UBS. Dos novos membros do clube de bilionários, 33 são da China.

A fortuna acumulada pelos asiáticos chega a 1,41 trilhão de dólares, cerca de 18,7% a mais do que no ano passado, acrescenta o estudo. Na Europa esse aumento foi de 12%.

A Ásia é o terceiro continente com o maior número de multimilionários, atrás da Europa (775) e América do Norte (609). Entretanto, os ricos do continente asiático aumentam sua fortuna mais rapidamente do que em qualquer outra região do planeta, de acordo com o estudo. A ásia representa 30% do aumento das fortunas no mundo em 2014.

A maioria dos multimilionários asiáticos ganharam dinheiro com o setor imobiliário e com os conglomerados industriais. Apenas 11% dessas fortunas são oriundas do setor de finanças, bancário e investimentos.

China totaliza o maior número de bilionários (190), seguida por Índia (100), Hong Kong (82), Japão (33) e Cingapura (32).

O número de bilionários no mundo inteiro cresceu 7% em relação ao ano passado (155 pessoas a mais), e inclui agora 2.325 indivíduos, um recorde.

A fortuna acumulada é de 7,3 trilhões de dólares. Para comparar, o estudo indica que supera a capitalização de todas as empresas do índice Dow Jones Industrial Average de Wall Street.