Engie poderá avaliar privatização da Cesp após mudança de regras

Segundo CEO, a geradora Engie Brasil Energia poderá avaliar a possibilidade de disputar o leilão de privatização da elétrica paulista Cesp

São Paulo – A geradora Engie Brasil Energia, controlada pelo grupo francês Engie, poderá avaliar a possibilidade de disputar o leilão de privatização da elétrica paulista Cesp, após um decreto federal autorizar a renovação das concessões da companhia, o que deve aumentar a atratividade do negócio.

“Obviamente, a mudança na estrutura melhora bastante. A gente pode potencialmente olhar o ativo, mas o momento não chegou ainda, vamos esperar os documentos (sobre o processo de privatização serem divulgados)”, disse o presidente da companhia, Eduardo Sattamini, em teleconferência com investidores nesta sexta-feira.

O governo do Estado de São Paulo chegou a agendar um leilão de privatização da Cesp no ano passado, mas suspendeu o evento devido à falta de interessados. O processo foi retomado após o decreto, e um edital para o leilão da companhia pode ser publicado até abril.