Endividamento atinge 45,88% da renda acumulada em 12 meses

Número pouco variou com relação ao registrado em agosto, quando o endividamento representou 45,9% da renda

Brasília – O endividamento das famílias em setembro deste ano correspondeu a 45,88% da renda acumulada em 12 meses, segundo dados divulgados hoje (26) pelo Banco Central (BC).

O número pouco variou com relação ao registrado em agosto, quando o endividamento representou 45,9% da renda. Ante setembro de 2013, quando o percentual ficou em 45,34%, houve alta de 0,54 ponto percentual.

No endividamento excluindo crédito imobiliário, o comprometimento da renda acumulada em doze meses ficou em 28,48%, com queda de 0,12 ponto percentual em relação a agosto deste ano e de 1,77 ponto percentual ante setembro de 2013.

O BC atualizou, ainda, dados sobre o comprometimento mensal da renda das famílias com o pagamento de empréstimo para instituições financeiras. Em setembro, os compromissos tomaram 21,93% da renda mensal, com alta de 0,47 ponto percentual ante os 21,46% registrados em agosto e semelhante aos 21,93% computados em setembro do ano passado.