Encontro Brasil-África estimula negócios de mais de US$ 11 milhões

São Paulo – Em três dias de encontro comercial, importadores africanos e exportadores brasileiros negociaram contratos no valor de US$ 11,5 milhões, dos quais US$ 450 mil referem-se às vendas já fechadas e o restante a ser concretizado nos próximos dos 12 meses. São vendas de produtos nas áreas alimentícia, de material de construção, cosméticos, eletrônicos e vestuário.

Batizado de Brasil Trade Africa 2010 , este foi o segundo encontro do gênero, promovido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex- Brasil), por meio do Projeto Tradings do Brasil, lançado em 2008. A ideia é estimular e facilitar o escoamento das exportações das micro, pequenas e médias empresas, segundo explicou o gestor dos projetos da Apex-Brasil, Maurício Mansér.

Ele informou que, no primeiro encontro, realizado na África do Sul, compareceram 150 compradores, possibilitando o fechamento de negócios que alcançaram US$ 44 milhões. No encontro realizado agora, em São Paulo, o comparecimento foi menor. Estiveram no evento 20 importadores africanos, vindos de Moçambique, Tanzânia, Uganda, Ilhas Maurício e África do Sul.

Do lado brasileiro, participaram 60 empresários. “Foi um resultado extremamente positivo”, classificou Mansér. A próxima missão com o mesmo objetivo está prevista para o período de 9 a 13 de maio, em Dubai, nos Emirados Árabes. Estão inscritas cerca de 30 empresas brasileiras dos setores de alimentos e bebidas, casa e construção e autopeças.