Encomendas à indústria alemã em abril recuam mais

A queda no setor industrial é a maior desde novembro de 2011

Berlim – As encomendas à indústria da Alemanha recuaram mais do que o esperado em abril e tiveram a maior queda desde novembro de 2011, mostraram dados do Ministério da Economia nesta terça-feira, reforçando os sinais de uma desaceleração na maior economia da Europa.

As encomendas à indústria alemã em dados sazonalmente ajustados recuaram 1,9 por cento em abril ante março, resultado provocado por uma queda de 3,6 por cento nas encomendas do exterior. Pesquisa da Reuters mostrou que economistas esperavam um recuo de 1 por cento.

O Ministério da Economia informou que a forte queda aconteceu depois que fatores especiais impulsionaram o crescimento em março. O dado de março foi revisado de 2,2 por cento para 3,2 por cento.

O ministério acrescentou, no entanto, que o volume de encomendas permaneceu acima dos níveis do primeiro trimestre deste ano.