Emirados Árabes vão permitir 100% de investimento estrangeiro em empresas

Hoje, estrangeiros geralmente não podem deter mais de 49% de qualquer empresa dos Emirados Árabes

Dubai – Os gabinete dos Emirados Árabes Unidos aprovou neste domingo (20) os passos que permitirão no fim de ano a participação de 100% de investidores estrangeiros em negócios baseados nos emirados, disse a agência estatal de notícias WAM.

A decisão é parte de uma mudança mais ampla do sistema que concederá vistos de residência de até 10 anos a investidores e epecialistas nos campos científico, técnico, médico e de pesquisa, disse a agência.

O encontro do gabinete foi presidido pelo xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e vice-primeiro ministro dos emirados e dirigente de Dubai. Ele determinou que o ministério da economia implemente a resolução e submeta um estudo sobre seu impacto no terceiro trimestre deste ano, disse a WAM.

Hoje, estrangeiros geralmente não podem deter mais de 49 por cento de qualquer empresa dos Emirados, a menos que seja incorporada em uma “zona livre” especial.