Em NY, Tombini mantém projeção de expansão da economia

"A economia brasileira vai crescer 4%", disse Tombini, quando indagado sobre o nível de expansão da economia até o final deste ano

São Paulo – O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, reiterou nesta segunda-feira, em Nova York, a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do País em 4% anualizados para o segundo semestre deste ano. “A economia brasileira vai crescer 4%”, disse Tombini, quando indagado sobre o nível de expansão da economia até o final deste ano.

Ele falou brevemente, com exclusividade à Agência Estado, após almoço promovido pelo Bradesco Securities com investidores estrangeiros em Nova York. O evento foi fechado à imprensa. Segundo participantes do evento, o presidente do BC destacou o esforço para atração de investimentos por meio do programa de concessões em infraestrutura.

No final de julho, em evento de lançamento das novas cédulas de R$ 10 e R$ 20, Tombini afirmou, citando estimativas dos participantes de mercado, que a economia crescerá, em taxa anualizada, ao redor de 4% no segundo semestre deste ano e em torno de 4,5% no primeiro semestre de 2013.