Zona do euro falha em criar empregos no final de 2012

Estagnada economia falhou em gerar empregos apesar da melhora na atividade comercial durante a temporada de compras do Natal

Bruxelas – A estagnada economia da zona do euro falhou em gerar empregos no final do ano passado apesar da melhora na atividade comercial durante a temporada de compras do Natal, mostrando os desafios que os líderes da zona do euro enfrentam para tentar reduzir o desemprego recorde.

O emprego na zona do euro caiu 0,3 por cento nos últimos três meses de 2012 ante o trimestre anterior, quarta queda trimestral consecutiva na taxa de criação de emprego, informou nesta quinta-feira a agência de estatísticas da UE, Eurostat.

O encolhimento da população ativa foi mais pronunciado na Espanha, onde a taxa de emprego caiu 1,4 por cento no quarto trimestre.

Das principais economias da zona do euro, apenas a Alemanha registrou um aumento na criação de emprego, destacando a divisão entre a maior economia do bloco e o restante de seus membros.