Doria elogia Levy e diz que não quer fazer julgamentos sobre sua saída

O governador de São Paulo afirmou que Joaquim Levy tem confiança do mercado e afirmou que ele é um bom nome para seu governo

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que não pretende fazer julgamentos sobre a saída do presidente do BNDES, Joaquim Levy, após os episódios do fim de semana.

“Eu não quero fazer julgamentos sobre atitudes do governo federal”, afirmou, em entrevista após o Ethanol Summit, em São Paulo, nesta segunda-feira, 17. “Levy é um bom profissional, bom economista, pessoa que sempre teve confiança do mercado e continua a ter”, afirmou.

Questionado se teria Levy em seu governo, Doria afirmou que ele é um bom nome. “Governo de São Paulo é composto por bons nomes. Um nome com essa qualificação seria muito bem visto”, disse.

Reforma da Previdência

O governador de São Paulo também disse ter confiança no trabalho do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do ministro da Economia, Paulo Guedes, na continuidade da reforma da Previdência e em sua aprovação.

“Confio muito no trabalho e liderança de Maia como confio também em Paulo Guedes. Os dois em harmonia fazem bem para Brasil”, disse Doria, que caminha nesta tarte para uma reunião com Maia, em São Paulo. A fala foi feita após evento do setor de açúcar e etanol, em São Paulo, nesta segunda-feira, 17.

Doria disse avaliar de forma positiva a tramitação da reforma e reforçou que o projeto deve passar tanto pela Câmara quanto no Senado.