Doria e ministro da Infraestrutura fecham acordo para o Ferroanel

O Ferroanel Norte será uma ferrovia com 53 km que ligará as estações Perus, na zona norte de São Paulo, a Manoel Feio, em Itaquaquecetuba

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, assinaram na noite desta terça, 29, um protocolo de intenções para início das obras do Ferroanel Norte do Estado, que será concedido à empresa de logística MRS por 30 anos.

Segundo Freitas, o investimento da MRS será de R$ 3,5 bilhões, por meio de uma outorga no âmbito federal. “É o uso da criatividade. Vamos usar recursos privados, vamos utilizar outorga, para viabilizar empreendimento de infraestrutura”, disse Freitas. “Tanto o governo federal quanto o estadual esperam que as obras comecem já este ano.”

O Ferroanel Norte será uma ferrovia com 53 km de extensão que ligará as estações Perus, na zona norte de São Paulo, a Manoel Feio, em Itaquaquecetuba, na região metropolitana. A obra desviará os trens de carga que hoje dividem trilhos com os trens de passageiros da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Mais cedo, Doria defendeu, em evento do Credit Suisse para investidores, a necessidade de privatização das diversas estatais paulistas.

Nas rodovias, destacou que 18 das 20 melhores estradas do Brasil estão no Estado de São Paulo, justamente porque foram passadas para a iniciativa privada.