Dividendos de BNDES e Caixa reforçam balanço do Tesouro

Mesmo com essas receitas, o governo terá dificuldades para cumprir a meta quadrimestral de superávit primário das contas do governo central de R$ 39 bilhões

Brasília – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) transferiu R$ 2,994 bilhões de dividendos para o Tesouro Nacional em agosto, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, no dia 22 do mês passado.

A confirmação do pagamento foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira, 02, em portaria do Tesouro Nacional. A Caixa Econômica Federal também reforçou o caixa do governo, com o pagamento de R$ 2,144 bilhões.

As duas receitas, que somadas chegam a R$ 5,138 bilhões, vão reforçar o caixa do governo em agosto.

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, em sua última entrevista de divulgação das contas do governo central, havia informado que as receitas com dividendos no mês chegariam em torno de R$ 4 bilhões.

Mesmo com essas receitas, o governo terá dificuldades para cumprir a meta quadrimestral de superávit primário das contas do governo central de R$ 39 bilhões.

A divulgação do resultado ocorrerá poucos dias antes do primeiro turno das eleições. Além dos dividendos, o governo conta em agosto com pagamento da primeira parcela ou parcela única do Refis.