Dilma cancela viagem ao Paraguai por conselho médico

A orientação médica foi de que, embora esteja praticamente curada da pneumonia, seria melhor a presidente não se expor a seis horas de viagem

Brasília – A presidente Dilma Rousseff cancelou a viagem que faria ao Paraguai no próximo domingo, 15. O cancelamento atende à “recomendação médica por cautela”, segundo informação da assessoria da Presidência da República.

A orientação médica foi de que, embora esteja praticamente curada da pneumonia, era melhor a presidente não se expor a seis horas de viagem, já que ela faria a viagem em um único dia. Dilma será representada nas comemorações do Bicentenário da Independência do Paraguai pelo ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota. O presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), também estará presente.