Dilma: Brasil faz sua parte ao incentivar demanda e emprego

Dilma reuniu-se com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, no Palácio do Planalto

Brasília  – A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que o Brasil tem feito sua parte para a recuperação mundial ao criar incentivos para o crescimento de emprego e da demanda doméstica.

Dilma reuniu-se com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, no Palácio do Planalto, quando reforçou a “importância de ampliar os esforços no sentido de melhorar as condições” de recuperação da economia internacional.

“O Brasil tem feito a sua parte no que se refere à recuperação mundial, quando desenvolve incentivos ao crescimento do emprego e à demanda doméstica”, disse Dilma em declaração à imprensa ao lado do premiê britânico.

Dilma disse que, mesmo diante do cenário externo adverso, o Brasil tem aumentado as suas importações, e destacou o “contínuo crescimento” do fluxo de comércio entre os dois países.

A presidente disse que foram identificadas áreas de especial interesse para novas parcerias, incluindo petróleo e gás, energia eólica, defesa, serviços financeiros, logística e mineração.

“Reiteramos nosso compromisso de intensificar a cooperação na área energética. Queremos explorar todas as oportunidades de desenvolvimento conjunto”, disse Dilma, citando as áreas de petróleo e gás e energias renováveis.