Dilma anuncia medidas de apoio para agricultura familiar

''A maior importância deste plano é seu caráter social, pois aponta para uma maior inclusão produtiva'', declarou a presidenta

Brasília – A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira o Plano Safra da Agricultura Familiar, com o objetivo de estimular o setor com créditos de R$ 18 bilhões até 2014.

”A maior importância deste plano é seu caráter social, pois aponta para uma maior inclusão produtiva”, declarou Dilma durante uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto.

Segundo o plano, o montante de créditos para os pequenos camponeses será neste ano 12% maior que o dedicado ao setor no ano passado, com juros que variarão entre 0,2% e 4,5% em função da renda e da capacidade de pagamento de cada agricultor.

Além disso, será fortalecido o Programa de Aquisição de Alimentos, mediante o qual o governo destina os alimentos da agricultura familiar de forma gratuita nas escolas, creches e através de diversos programas sociais.

Da mesma forma, a agricultura familiar abastece com alimentos os refeitórios do sistema penitenciário, das Forças Armadas e de diversas instâncias do âmbito governamental.

Um dos discursos do ato foi do produtor rural Leandro de Freitas, da organização Via Campesina, que destacou a ”coragem” do governo para aumentar a oferta de créditos a baixos juros no meio da crise mundial, e o impacto que o apoio à pequena agricultura terá na ”luta” para reduzir os níveis de pobreza rural.

Na semana passada, o governo já tinha anunciado o chamado Plano Agrícola e Pecuário 2012-2013, mediante o qual, para esse período, serão destinados créditos de R$ 115 bilhões aos médios e grandes empresários do campo.