Desoneração na zona leste de SP inclui TI e educação

"Vamos trabalhar muito na área de TI, área de call centers e atendimento e na área de educação profissional e alguns outros", detalhou Cruz

São Paulo – O projeto da Prefeitura de São Paulo de desonerar empresas que se instalarem na zona leste da capital irá incluir negócios com foco em Tecnologia da Informação (TI), call centers, educação profissional, entre outros, informou nesta terça-feira o secretário de finanças do município, Marcos Cruz.

“Vamos trabalhar muito na área de TI, área de call centers e atendimento e na área de educação profissional e alguns outros”, detalhou Cruz, após palestra no evento New Cities Summit, na zona sul da capital paulista.

O projeto da Prefeitura, que segundo Cruz faz parte do Arco do Futuro – promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad que prevê a descentralização da cidade -, irá desonerar empresários do pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e do Imposto Sobre Serviços.

“O IPTU a gente está trabalhando com até o limite da isenção total para as empresas que se instalarem naquela região, dentro dos setores selecionados. O ISS, pensamos em uma redução de 5% para até 2%”, disse.

De acordo com Cruz, o projeto está sendo finalizado e ainda não tem data para ser enviado à Câmara dos Vereadores. “Devemos mandar para a Câmara nas próximas semanas. O que estamos discutindo (do projeto) é para ele ser simples, para que saia de fato do papel”, ressaltou.