Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem inesperadamente

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 4 mil, para 372 mil segundo dados ajustados sazonalmente

Washington – O número de novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos subiu inesperadamente na semana passada, sugerindo que o mercado de trabalho do país está se recuperando muito lentamente para diminuir consideravelmente a taxa de desemprego.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 4 mil, para 372 mil segundo dados ajustados sazonalmente, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho. Esse foi o maior nível em cinco semanas.

A média móvel de quatro semanas para os novos pedidos, uma medida melhor das tendências do mercado de trabalho, ficou em 368 mil na semana passada, um leve aumento em relação à semana anterior, mas ainda 2,1 por cento abaixo do registrado na segunda semana de julho.