Desemprego na Alemanha cai a nova mínima histórica

Pedidos de auxílio-desemprego na maior economia da zona do euro caíram 9.000 em maio, após recuarem 15.000 em abril

Frankfurt – A taxa de desemprego ajustada da Alemanha caiu para 5,7% em maio, de 5,8% em abril, atingindo o menor nível da série histórica iniciada em janeiro de 1992, segundo dados oficiais divulgados hoje. O resultado veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Os pedidos de auxílio-desemprego na maior economia da zona do euro caíram 9.000 em maio, após recuarem 15.000 em abril. A projeção do mercado, porém, era de queda maior, de 14.500.

Em termos não ajustados, a taxa de desemprego alemã recuou para 5,6% em maio, de 5,8% em abril, enquanto o número de desempregados no país diminuiu para 2,498 milhões, de 2,596 milhões um mês antes.