Desemprego em SP sobe para 11,2% em junho, aponta Dieese

Com essa elevação registrada, a taxa de desemprego na região volta ao mesmo patamar de abril

São Paulo – A taxa de desemprego na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) subiu para 11,2% em junho de 10,9% em maio, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) que a Fundação Seade e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgaram nesta quarta-feira. Com a elevação registrada em junho, a taxa de desemprego na região volta ao mesmo patamar de abril.

O contingente estimado de desempregados da RMSP no mês passado subiu para 1,222 milhão de pessoas, 39 mil a mais que no mês anterior. Segundo os técnicos da Seade e do Dieese, tal comportamento decorreu do pequeno número de postos de trabalho criados, 24 mil. Estas aberturas de novos postos foram insuficientes para absorver as pessoas que se incorporaram à força de trabalho da região, que chegou a 63 mil.

Ainda de acordo com a PED, a renda média real dos ocupados na RMSP em maio ficou praticamente estável, com uma ligeira queda de 0,1% em relação a abril, passando a equivaler R$ 1.613,00. Já a renda média real dos assalariados cresceu 0,6% na passagem de abril para maio, para R$ 1.656,00.