Desembolsos do BNDES sobem 25% em janeiro, diz presidente

Ritmo de desembolsos está sendo mantido em fevereiro, afirmou o presidente da instituição

Rio de Janeiro – Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em janeiro cresceram cerca de 25 por cento ante mesmo período de 2012, segundo disse o presidente da instituição, Luciano Coutinho, nesta quinta-feira.

O forte volume de desembolsos é reflexo do elevado número de consultas e enquadramentos registrados no ano passado, segundo o executivo. Ele acrescentou que os dados de fevereiro mantém o ritmo de janeiro e apontam para um ano de 2013 “alvissareiro”.

“O primeiro mês do ano está muito forte e as perspectivas para fevereiro são muito boas. Janeiro/fevereiro são meses menos aquecidos, isso é sazonal. Mas neste ano estamos começando com um crescimento em relação ao ano passado”, disse Coutinho, a jornalistas.

“É um crescimento superior a 25 por cento, em torno disso”, acrescentou.

Coutinho disse ainda que o BNDES pretende fortalecer sua posição no mercado britânico, podendo aumentar as atividades. O objetivo, segundo ele, é captar recursos naquele mercado de agora em diante.

“O BNDES naturalmente capta recursos. Temos uma curva de longo prazo. Estamos captando recursos há quatro ou cinco anos no exterior, em moeda estrangeira…e o plano é levantamento de funding com emissão de bonds no mercado”, disse.

O executivo falou também que o BNDES irá apoiar um programa do governo de estímulo à inovação tecnológica. Ele não revelou os valores referentes ao apoio do banco, mas frisou que o incentivo à inovação tecnológica é uma das prioridades do banco.

“A intenção é mobilizar intensamente o setor empresarial para investir em inovação tecnológica”, completou.