Demanda de empresas brasileiras por crédito cresce 6,2%

Segundo Serasa, alta mostra que a disposição das empresas em ampliar endividamento continua contida pelo fraco desempenho da economia

São Paulo – A busca das empresas brasileiras por crédito subiu 6,2 por cento em agosto ante o mesmo mês do ano anterior e teve alta de 0,7 por cento em relação a julho, informou nesta terça-feira a Serasa Experian.

No acumulado dos oito primeiros meses do ano, a procura das companhias por crédito acumulou alta de 2,5 por cento sobre igual período do ano passado.

Sobre a alta do indicador na comparação mensal, os economistas da Serasa disseram em nota que a ligeira alta mostra que “a disposição das empresas em ampliar seus níveis de endividamento continua contida pelo fraco desempenho da atividade econômica e pelo encarecimento, quase generalizado, das linhas de crédito“.

No detalhamento por porte, a busca por crédito foi maior entre as micro e pequenas empresas, com avanço de 0,8 por cento em agosto ante julho.

O crescimento foi de 0,2 por cento entre as grandes empresas, sendo que as empresas médias registraram declínio de 0,3 por cento na mesma base de comparação.

Em relação à agosto do ano passado, a procura por crédito aumentou 6,9 por cento entre micro e pequenas empresas.

Entre as grandes companhias houve alta de 2,9 por cento, enquanto entre as firmas de médio porte a procura por financiamento caiu 4,9 por cento.