Demanda das empresas por crédito recua 3,5% em 2018, diz Serasa Experian

Interesse foi afetado por "incertezas quanto à paralisação dos caminhoneiros, interrupção do processo de aprovação de reformas no Congresso e às eleições"

São Paulo – A demanda de empresas brasileiras por crédito caiu 3,5 por cento no ano passado, afirmou a empresa de informações de crédito Serasa Experian, acrescentando que o desempenho marcou o quarto ano consecutivo de retração.

A companhia afirmou que o interesse por crédito foi afetado por “incertezas associadas à paralisação dos caminhoneiros, à interrupção do processo de aprovação de reformas estruturais no Congresso e às eleições presidenciais”.

“Tudo isto acabou diminuindo a confiança empresarial durante vários meses de 2018, impactando a busca por crédito relacionada tanto a capital de giro quanto a investimentos”, acrescentou.

Segundo a Serasa Experian, em 2018, a busca empresarial por crédito caiu 3,6 por cento nas micro e pequenas empresas e nas médias houve retração de 0,7 por cento. Nas grandes empresas houve avanço de 4,2 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)