Defesa é pasta com maior liberação de recursos dos R$ 14 bi desbloqueados

Ministério teve R$ 3,473 descontingenciados do total anunciado pelo governo após recursos arrecadados com leilão do petróleo

Brasília — O Ministério da Defesa foi a pasta que recebeu a maior liberação de recursos neste fim de ano, R$ 3,473 bilhões. Na semana passada, o governo publicou um relatório extemporâneo anunciando a liberação de todos os recursos que haviam sido contingenciados.

Ao longo do ano, o governo foi “congelando” despesas para cumprir a meta fiscal do ano. À medida que a receita foi mostrando desempenho acima do esperado, e com a ajuda dos leilões de petróleo, a equipe econômica conseguiu liberar todas esses recursos bloqueados.

Nesta sexta-feira, foi publicado um decreto detalhando as liberações. No total, os órgãos tiveram R$ 13,976 bilhões liberados. Para a Educação, foram R$ 2,695 bilhões. Para o Desenvolvimento Regional, R$ 1,905 bilhão. A Economia recebeu R$ 1,365 bilhão, e Ciência e Tecnologia, R$ 1,159 bilhão.