Criação de empregos desacelera em novembro nos Estados Unidos

Pesquisa mostra que o setor privado criou 67 mil novos empregos no penúltimo mês do ano, contra 121 mil em outubro

O setor privado nos Estados Unidos criou menos emprego em novembro em comparação ao mês anterior, contrariando as expectativas de crescimento dos analistas, de acordo com um relatório mensal da ADP publicado nesta quarta-feira.

A pesquisa revelou que o setor privado criou 67.000 novos empregos no penúltimo mês do ano, contra 121.000 em outubro, informou a empresa responsável pelo estudo em comunicado.

Este último valor foi revisado em baixa, a partir de uma primeira estimativa de 125.000 empregos adicionados.

Os números de novembro estão abaixo das expectativas dos analistas que esperavam um aumento acentuado para 175.000 novas posições.

O governo publicará números oficiais de emprego para novembro na sexta-feira, e os economistas esperam uma taxa de desemprego inalterada de 3,6%.

Eles também preveem uma forte criação de empregos em 182.000 contra 128.000 em outubro.