Crescimento no lucro de estatais da China desacelera

Dados do governo destacam a fraca recuperação econômica da segunda maior economia do mundo

Pequim – O crescimento no lucro das empresas estatais da China desacelerou nos quatro primeiros meses deste ano, mostraram dados do governo chinês nesta quarta-feira, destacando a fraca recuperação econômica da segunda maior economia do mundo.

O Ministério de Finanças disse que as empresas lucraram 689 bilhões de iuans (112,3 bilhões de dólares) entre janeiro e abril, um aumento de 5,3 por cento sobre o mesmo período do ano passado, mas contra uma expansão de cerca de 8 por cento no primeiro trimestre.

Os lucros de empresas dos setores de energia, eletrônicos e imobiliário cresceu enquanto os de transportes, carvão, metais não ferrosos, materiais de construção e químicos caíram, disse o ministério.

Dúvidas sobre se a economia chinesa pode manter mesmo uma fraca recuperação subiram no último mês após uma inesperada desaceleração no primeiro trimestre. O fraco crescimento em investimentos e na produção industrial trouxeram mais preocupações.

O ministério disse que as receitas das empresas estatais subiram 10 por cento na comparação com um ano antes, para 14 trilhões de iuans, nos quatro primeiros meses do ano, enquanto os custos operacionais aumentaram 10,6 por cento, para 13,4 trilhões.