Cresce em outubro número de cheques sem fundos, diz Serasa

Do total, 1,96% foi devolvido pela segunda vez por falta de fundos

São Paulo – Do total de cheques compensados em todo o País no mês de outubro, 1,96% foi devolvido pela segunda vez por falta de fundos, informou nesta quinta-feira (21) a Serasa Experian.

Em setembro, o volume havia sido de 1,81% e em outubro de 2012, de 1,94%. No acumulado do ano, de janeiro a outubro, o volume de cheques sem fundos ficou em 2,01%, porcentual ligeiramente abaixo dos 2,02% registrados em igual período de 2012.

De acordo com os economistas da empresa, os cheques devolvidos por falta de fundos aumentaram em outubro ante setembro por causa das vendas do Dia da Criança.

“Além disso, a greve dos bancários, encerrada em 14 de outubro, pode ter impactado o porcentual de cheques devolvidos em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado, tendo em vista a menor disponibilidade de acesso ao crédito”, escreveram os economistas, em nota divulgada à imprensa.

De janeiro a outubro, Roraima foi o Estado que apresentou o maior volume de cheques devolvidos: 10,74%. Na outra ponta ficou o Amazonas, com 1,38%. Entre as regiões, a Norte liderou o ranking de devoluções no período, com 4,36%. Já na região Sudeste foi verificado o menor porcentual: 1,57%.