Crédito ao consumidor dos EUA sobe US$ 19,29 bi em setembro

O resultado divulgado pelo Federal Reserve superou a previsão dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que era de um avanço de US$ 18,8 bilhões

Washington – O crédito ao consumidor nos Estados Unidos cresceu US$ 19,29 bilhões em setembro, liderado pela categoria que inclui empréstimos estudantis e automóveis.

O resultado divulgado pelo Federal Reserve, o banco central norte-americano, superou a previsão dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que era de um avanço de US$ 18,8 bilhões.

O crescimento anual do crédito, após ajustes sazonais, foi de 6,28% em setembro, abaixo do avanço de 8,48% em agosto.

Os ganhos de setembro foram liderados por um aumento de US$ 15,1 bilhões no crédito não-revertido, em grande parte empréstimos para estudantes e automóveis.

A categoria avançou a um ritmo anual de 6,68% em setembro, seguindo um ritmo anual revisado em alta de 9,41% em agosto.

O crédito rotativo, principalmente o de cartões de crédito, cresceu a um ritmo anual de 5,16% em setembro, seguindo um ritmo anual de 6,98% em agosto.

Fonte: Dow Jones Newswires.