Número de milionários cresce 47% desde 2009, diz consultoria

Brasil tem hoje 191 mil milionários e deve ganhar mais 43 mil até 2018; cerca de um terço estão em São Paulo

São Paulo – O impacto econômico da Copa do Mundo é um pouco incerto, mas o evento deve gerar pelo menos alguns novos milionários no país.

A notícia vem da WealthInsight, consultoria focada em dados e hábitos dos indivíduos de alta renda.

O número de pessoas no Brasil com ativos acima de US$ 1 milhão já cresceu 47,9% desde 2009 e chegou a 191 mil em 2013. Até 2018, o país deve ganhar mais 43 mil novos milionários.

A idade média desse grupo é de 58 anos e 13% fizeram sua fortuna com serviços financeiros.

A riqueza acumulada também cresceu 62,9% desde 2009, atingindo um total de US$ 966 bilhões no ano passado. A projeção é que esse número passe de US$ 1,3 trilhão já em 2018.

Atualmente, 36% deste dinheiro está investido na América do Norte e 33,9% na América do Sul – mas são aqui que estão as melhores oportunidades: 

“A riqueza dos indivíduos de alta renda cresceu substancialmente e encontrou fortes níveis de crescimento no mercado imobiliário, que continuará a ser influenciado pela Copa do Mundo e pelas Olimpíadas nos próximos dois anos”, diz Tom Carlisle, analista da consultoria.

Ele dá o exemplo da África do Sul, onde o investimento estrangeiro direto subiu 163% entre 2009 e 2013 e o número de milionários subiu 28,5% desde a Copa de 2010.

Veja as 10 cidades brasileiras com mais milionários: 

Cidade Número de milionários
São Paulo 65.058
Rio de Janeiro 17.349
Belo Horizonte 11.277
Brasília 6.939
Goiânia 6.072
Curitiba 3.470
Fortaleza 3.470
Barueri 3.036
Porto Alegre 2.169
Caxias do Sul 1.735