Conta de luz da Ampla-RJ será reduzida em até 7,5%

Rio – A Ampla informou hoje que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em, reunião realizada esta manhã, as novas tarifas da companhia, que começam a vigorar a partir de 15 de março. Para o consumidor de baixa tensão (residências), haverá queda de 5,09%. Para os consumidores de média e alta tensão, a queda varia entre 0,96% e 7,5%. A Ampla distribui energia para 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro e tem cerca de 2,3 milhões de clientes.

Segundo o comunicado distribuído pela companhia, a redução da tarifa teve impacto da queda do dólar em 2009, de 24%, “o que acabou por reduzir os custos de compra de energia de Itaipu pela distribuidora”. “O índice também foi afetado pela Compensação de Valores da Parcela A (CVA), que teve efeito negativo em 2,9%, uma vez que os pagamentos realizados pela Ampla em 2009 foram menores do que os previstos em sua última revisão tarifária”, completa o texto.

O valor das novas tarifas, diz a empresa, volta a patamares de 2005. No comunicado, a Ampla comparou a evolução das tarifas e da inflação no período: “O valor da tarifa nominal a partir de 15 de março será cerca de 1,7% menor do que o praticado em 2005, enquanto o IGP-M variou 24,42% e o IPCA, 27,72%, disse o Diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Ampla, André Moragas.