Consórcio chinês ganha licitação para nova ponte sobre Canal do Panamá

A quarta ponte sobre o canal, cujo preço proposto pelo governo panamenho era de 1,6 bilhão de dólares, é um projeto de rodovia de 6,5 quilômetros

Um consórcio chinês ganhou nesta sexta-feira a licitação para construir a quarta ponte sobre o Canal do Panamá, a maior obra de infraestrutura do país, um ano depois do estabelecimento de relações diplomáticas entre Pequim e Panamá.

O Consórcio Panamá Cuarto Puente (integrado pela China Comunications Construction Company e pela China Harbour Engineering Company) obteve o contrato após ofertar as obras em 1,42 bilhão de dólares.

A empresa espanhola Dragados teve uma pontuação final melhor, com 79,84% e uma proposta de 1,812 bilhão de dólares, mas anunciou sua retirada da competição pouco antes da abertura dos envelopes com as propostas.

A quarta ponte sobre o Canal do Panamá, cujo preço base proposto pelo governo panamenho e revelado nesta sexta-feira era de 1,6 bilhão de dólares, é um projeto de rodovia de 6,5 quilômetros com seis pistas, pelas quais também passará um monotrilho.

Segundo as autoridades locais, a construção da ponte é o maior trabalho de infraestrutura após a expansão do Canal. A China Harbour Engineering Company (Chec) já está construindo um porto de cruzeiros na Baía da Cidade do Panamá.