Confiança dos empresários do comércio de São Paulo aumenta

Índice apurado pela Fecomercio-SP em setembro registrou alta de 2,8%

São Paulo – O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), registrou alta de 2,8% em setembro ao passar de 113,4 pontos, em agosto, para 116,6 pontos. É o segundo mês consecutivo de alta no indicador.

Segundo a apuração, o Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec) aumentou 7%, depois de sete meses em baixa. O Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (Ieec) teve elevação de 1,5% e chegou a 153,3 pontos. O Índice de Investimento do Empresário do Comércio (Iiec) registrou crescimento de 1,4%, ao passar de 107 para 108,6 pontos.

De acordo com o Icaec, os empresários otimistas quanto à sua situação atual representam 55,85% do total.

Para 38,1%, as condições da economia brasileiras estão melhores. Além disso, 42,96% avaliam que as condições atuais são favoráveis para o setor em que atuam.

O índice mostra ainda que 86,79% dos empresários acreditam no crescimento de seu setor nos próximos meses e 90,28% acreditam no crescimento de sua empresa.

Segundo o levantamento, 77,95% disseram que pretendem contratar mais funcionários e 56,98% pretendem ampliar os investimentos.

Na avaliação da Fecomercio-SP o resultado está ligado às medidas do governo para expandir a atividade econômica. “Além disso, o Icec revela que, apesar de os empresários não estarem plenamente satisfeitos com as condições atuais, a expectativa de crescimento é bastante positiva, principalmente no que tange ao ímpeto de contratação de funcionários”, destaca em nota a entidade. O sentimento de otimismo também está ligado às expectativas para as vendas de final de ano, segundo a federação.