Confiança alemã cai para menor nível desde dezembro de 2012

Tensões no exterior levaram a fraqueza na produção industrial e nas encomendas à indústria, pois companhias alemãs estão inseguras sobre vendas no clima atual

Mannheim, Alemanha - A <strong><a href="http://www.exame.com.br/topicos/confianca">confiança</a></strong> de investidores e analistas alemães caiu ao menor nível em mais de 1 ano e meio em agosto, mostrou uma pesquisa nesta terça-feira, sugerindo que a maior economia da Europa está perdendo o fôlego no terceiro trimestre.</p>

O índice mensal de confiança econômica do instituto de pesquisa ZEW caiu pelo oitavo mês consecutivo, para 8,6 em agosto, o menor nível desde dezembro de 2012, em meio ao efeito da crise na Ucrânia.

A leitura ficou muito abaixo de expectativa de 18,2 em pesquisa da Reuters.

O instituto ZEW disse que as tensões no exterior estavam provavelmente por trás da queda na confiança econômica, e informou que uma fraqueza na produção industrial e nas encomendas à indústria indicavam que as companhias alemãs investiram significativamente menos por estarem inseguras sobre a capacidade de venderem no clima atual.

“Uma vez que a economia na zona do euro também não está ganhando ímpeto, os sinais são de que o crescimento econômico na Alemanha será mais fraco que o esperado em 2014”, disse o ZEW em comunicado.