Concessionárias ganham mais prazo em sistema de pedágio

As concessionárias têm mais 60 dias para instalar os equipamentos de pista, sistemas, processos e sinalização viária

Brasília – A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deu mais tempo para que as concessionárias se adaptem a exigências da regulamentação do sistema de arrecadação eletrônica de pedágio nas rodovias federais, estabelecida em fevereiro deste ano.

De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), as concessionárias têm mais 60 dias para instalar os equipamentos de pista, sistemas, processos e sinalização viária destinados à efetiva operação do padrão 915 MHz.

O prazo inicialmente previsto para essa adaptação terminava agora em setembro.

Segundo a regulamentação, os chamados tags, equipamentos de identificação dos veículos, deverão migrar do modelo tecnológico de 5,8 GHz e 915 MHz-Gen2 para o padrão 915 MHz do sistema de arrecadação eletrônica de pedágio.

O texto estabelece que a adequação, substituição ou implantação e manutenção dos equipamentos instalados em pista, sistemas, processos e sinalização viária para a arrecadação eletrônica de pedágio é de responsabilidade da concessionária da rodovia.

Já os tags serão de responsabilidade das Administradoras de Meios de Pagamento para Arrecadação de Pedágio (Amaps) autorizadas pela ANTT.