Com Selic parada, Brasil volta a subir entre maiores juros reais do mundo

Nós passamos a Índia, um país que subiu hoje seus juros pela segunda vez consecutiva, mas que também está com a inflação crescente,

São Paulo – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (01) não mexer, pela terceira vez seguida, na taxa Selic.

No entanto, a manutenção dos juros em 6,5% fez o Brasil subir da 7ª para a 6ª posição no ranking mundial de juros reais (juros nominais menos a inflação projetada para os próximos 12 meses).

O levantamento é feito pelo site MoneYou em parceria com a Infinity Asset Management e considera as 40 principais economias do mundo.

Com 3,54%, o Brasil hoje só tem juros reais menores do que Turquia (10,20%), Argentina (8,54%), Rússia (4,80%), México (3,68%) e Indonésia (3,62%).

Nós passamos a Índia, um país que subiu nesta quarta-feira (01) seus juros pela segunda vez consecutiva. No entanto, lá a inflação está em trajetória de alta, o que anula este efeito.

Nos últimos lugares do ranking estão países com juros reais negativos como França (-2,11%), Suécia (-2,15%) e Áustria (-2,26%).

A média geral ficou em 0,36%, bem abaixo dos 0,67% verificados em junho, quando aconteceu a reunião anterior do Copom.

No ranking de juros nominais, o Brasil segue no 6º lugar mundial, logo atrás da África do Sul e na frente da Índia.

Veja a taxa de juros reais (juro atual menos inflação dos próximos 12 meses) das 40 economias analisadas:

País Juro real
1 Turquia 10,20%
2 Argentina 8,54%
3 Rússia 4,80%
4 México 3,68%
5 Indonésia 3,62%
6 Brasil 3,54%
7 Índia 3,38%
8 África do Sul 1,58%
9 Colômbia 1,22%
10 Malásia 1,18%
11 Cingapura 0,85%
12 China 0,67%
13 Tailândia 0,28%
14 Nova Zelândia 0,20%
15 Filipinas 0,16%
16 Canadá 0,00%
17 Chile -0,07%
18 Austrália -0,08%
19 Hong Kong -0,11%
20 Polônia -0,14%
21 Coreia do Sul -0,31%
22 Estados Unidos -0,45%
23 República Tcheca -0,55%
24 Israel -0,86%
25 Japão -0,96%
26 Dinamarca -1,12%
27 Grécia -1,14%
28 Itália -1,43%
29 Suíça -1,45%
30 Taiwan -1,46%
31 Portugal -1,53%
32 Holanda -1,73%
33 Reino Unido -1,85%
34 Espanha -1,92%
35 Bélgica -1,92%
36 Alemanha -2,02%
37 Hungria -2,07%
38 França -2,11%
39 Suécia -2,15%
40 Áustria -2,26%
Média geral 0,36%