Com medidas, Banco Central quer melhorar crédito a PMEs

Bancos poderão conceder até R$ 1,5 milhão para pequenas e médias empresas e ponderar 75%

Brasília – O chefe do Departamento de Normas do Banco Central, Sergio Odilon dos Anjos, informou que uma das medidas publicadas nesta sexta-feira, 25, pela autoridade monetária tem o objetivo de melhorar a oferta de crédito para pequenas e médias empresas.

Antes, os bancos podiam conceder até R$ 600 mil para empresas desse grupo e ponderar 75%. A partir de agora esse limite passa para R$ 1,5 milhão, ponderando os mesmos 75%. “Isso melhora a oferta de crédito para esse grupo de empresas, que tinha mais dificuldade de acesso”, completou.

De acordo com ele, o impacto potencial da medida é de aproximadamente R$ 5 bilhões, que estaria dentro dos R$ 15 bilhões estimados pelo BC para o impacto potencial das medidas publicadas hoje, que também incluem a liberação de R$ 30 bilhões em compulsórios.