Cidade do Japão coloca seu nome à venda para pagar dívidas

Izumisano está disposta a abandonar seu nome para adotar o de um eventual generoso benfeitor

Tóquio – Uma cidade do oeste do Japão acredita ter encontrado a solução para reduzir sua dívida: está disposta a abandonar seu nome para adotar o de um eventual generoso benfeitor, o que colocou os habitantes em pé de guerra.

Izumisano, situada na prefeitura de Osaka, tem uma dívida de mais de 100 bilhões de ienes (um bilhão de euros), assegurou um dirigente municipal.

Com 103.000 habitantes, conhecida por sua indústria papeleira, busca um patrocinador disposto a pagar ao menos um bilhão de ienes para reduzir uma parte da dívida.

Este benfeitor – as autoridades locais preferem que seja uma empresa – terá de comprometer-se a manter estreitas relações com a cidade durante uns dez anos. As autoridades acreditam que o melhor seria instalar sua sede na própria cidade.

Mas a oferta apresentada em junho ainda não despertou o interesse de ninguém.

Os contrários à ideia, alegam que o nome da cidade tem uma história e que não pode ser vendido ou comprado.