China vai se esforçar para alcançar metas econômicas para 2019, diz premiê

A segunda maior economia do mundo busca crescimento econômico de 6,0 a 6,5 por cento em 2019

Pequim — A China vai esforçar-se para alcançar as metas de desenvolvimento econômico para 2019, afirmou a televisão estatal nesta quarta-feira citando o Gabinete após reunião presidida pelo primeiro-ministro, Li Keqiang.

O governo busca “manter operações econômicas contínuas e promover o desenvolvimento de alta qualidade”, disse Li.

A China vai acelerar os cortes de impostos e taxas e avançar com reformas para ajudar a sustentar a confiança das empresas, disse Li.

A China prometeu bilhões de dólares em cortes de impostos e gastos em infraestrutura para ajudar as empresas e proteger empregos, uma vez que a expectativa é de mais enfraquecimento econômico devido à demanda doméstica mais fraca e a guerra comercial com os Estados Unidos.

A China busca crescimento econômico de 6,0 a 6,5 por cento em 2019. A segunda maior economia do mundo cresceu 6,6 por cento em 2018, ritmo mais fraco em 28 anos.