China pode implementar imposto sobre bens de luxo

Taxas também poderão ser aplicadas a itens que causam "poluição ambiental grave" e exploração excessiva de recursos

Pequim – A China planeja impor uma taxa sobre o consumo de bens de luxo e itens que causam “poluição ambiental grave” e exploração excessiva de recursos, disse a agência estatal de notícias Xinhua nesta quarta-feira, citando o ministro de Finanças, Lou Jiwei.

Um imposto existente de recursos será estendido ao carvão com base nos preços, em vez de volume de vendas, disse Lou, segundo a agência.

Lou também reiterou a intenção do governo de expandir um imposto sobre imóveis, atualmente em análise nas cidades de Xangai e Chongqing. Fonte: Dow Jones Newswires.