China oferece incentivo tributário para impulsionar investimentos

Segundo comunicado, várias divisões de uma empresa doméstica terão isenção de um aumento no imposto sobre lucro corporativo

Pequim – O Ministério das Finanças da China divulgou uma série de incentivos fiscais para encorajar as companhias do país a investir no exterior.

Segundo comunicado, várias divisões de uma empresa doméstica terão isenção de um aumento no imposto sobre lucro corporativo, nesse caso.

A medida busca evitar a dupla tributação e também reduzir os encargos tributários para as empresas domésticas, informou o Ministério das Finanças.

As regras valem apenas para negócios no exterior que sejam pelo menos 20% propriedade de companhias chinesas.

As empresas domésticas poderão também usar um método diferente para calcular seu imposto, caso tenham investimentos em vários países, segundo o governo.

Com isso, elas poderão alocar seus créditos tributários em diferentes países, o que ajudaria a reduzir a pressão sobre o fluxo de caixa, explica o comunicado.

O anúncio dos mais recentes incentivos são feitos uma semana após a China dizer que isentaria companhias estrangeiras de pagar imposto sobre seu lucro caso ele seja reinvestido nos setores especificados por Pequim, um esforço para atrair investidores estrangeiros.