China injeta US$ 28 bi para nova linha de crédito de médio prazo

Segundo o governo chinês, os recursos vencem em um ano e foram repassados a uma taxa de juros de 3,2%

Pequim – O Banco Central da China, conhecido como PBoC, informou hoje que injetou 188 bilhões de iuanes (US$ 28,4 bilhões) no sistema bancário do país por meio de uma linha de crédito de médio prazo.

Os recursos vencem em um ano e foram repassados a uma taxa de juros de 3,2%, as mesmas condições de operações anteriores.