China deseja fortalecer laços comerciais com EUA

Governos dos dois países ainda trabalham em negociações de tratados bilaterais de investimento

Pequim – O Ministério do Comércio da China afirmou nesta quinta-feira que o governo de Pequim deseja continuar a trabalhar com os Estados Unidos para fortalecer o vínculo econômico entre os dois países.

Questionado por repórteres se o governo está preocupado com a perspectiva para o comércio, após a vitória do empresário republicano Donald Trump na eleição presidencial norte-americana, o porta-voz Shen Danyang disse que a globalização tem tornado as conexões na economia e no comércio entre os dois países cada vez mais fortes.

“Nós acreditamos que, independentemente de quem se torne o presidente dos EUA, o grande cenário não mudará, ou seja, interesses mútuos entre a China e os EUA superarão as diferenças”, afirmou o porta-voz, segundo a transcrição do site do ministério.

Os governos da China e dos EUA ainda trabalham em negociações de tratados bilaterais de investimento, mantendo o diálogo sobre o texto-base para esse acordo e também sobre itens que não devem constar da iniciativa.