China adota medidas antidumping contra aço importado da UE e asiáticos

Produtos são usados principalmente para o fabrico de contêineres, vagões ferroviários e auto peças

Pequim — A China decidiu adotar medidas antidumping contra aço inoxidável importado da União Europeia, assim como do Japão, da Coreia do Sul e da Indonésia, com o argumento de que essas importações prejudicam a indústria local, segundo investigação conduzida pelo Ministério de Comércio chinês.

A partir deste sábado (23), as importações de boletos de aço inoxidável e de chapas de aço inoxidável laminada a quente pagarão taxa aduaneiras, informou o ministério hoje. Os produtos são usados principalmente para o fabrico de contêineres, vagões ferroviários e auto peças.

Veja também

A investigação antidumping foi iniciada em julho do ano passado, após uma queixa apresentada pela Shanxi Taigang Stainless Steel Co., que contou com o apoio de várias siderúrgicas estatais, incluindo subsidiárias da Baosteel e Ansteel.