Cesta básica fica mais barata em SP, aponta Procon

De acordo com a Fundação Procon-SP, o preço médio para o conjunto de itens essenciais, que era de R$ 380,02 em 14 de novembro, passou para R$ 378,34 no dia 21

São Paulo – O valor da cesta básica apurado no município de São Paulo pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, recuou 0,44% entre os dias 18 e 21 de novembro.

Dos 31 produtos pesquisados, 17 registraram queda de preço, 9 tiveram alta e 5 permaneceram estáveis, segundo a pesquisa diária realizada pelo órgão em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com a fundação, o preço médio para o conjunto de itens essenciais, que era de R$ 380,02 em 14 de novembro, passou para R$ 378,34 no dia 21.

A variação no mês de novembro ficou em 0,39% (base 31/10/13) e, em 12 meses, em 1,62% (base 21/11/12). Na avaliação por grupos, o de Alimentação apresentou queda de 0,56%, o de Limpeza recuou 0,16% e o de Higiene Pessoal subiu 0,37%.

Ainda segundo a pesquisa, os itens cujos preços mais cederam, entre 18 e 21 de novembro, foram a embalagem de 400-500g de leite em pó integral (-3,11%), o pacote de 5 quilos de açúcar refinado (-2,94%), a unidade do sabão em barra (-2,22%), o quilo de cebola (-1,97%) e o quilo de batata (-1,87%).

Já os avanços mais expressivos foram verificados no tubo de creme dental (2,24%), no quilo de cebola (1,62%), no quilo de alho (1,58%), no pacote de 1 quilo de sabão em pó (1,44%) e no pacote de 500 gramas de farinha de mandioca torrada (1,34%).