Cemig tem lucro 160% maior no terceiro trimestre

A empresa de energia mineira apresentou Ebitda 84,27% maior e lucro líquido de R$ 433,502 milhões

Por Luana Pavani

São Paulo – A Cemig obteve no terceiro trimestre lucro líquido de R$ 433,502 milhões, o que representa um aumento de 159,6% sobre os R$ 166,954 milhões do mesmo período do ano passado.

A empresa de energia mineira apresentou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ou Lajida) 84,27% maior, para R$ 1,192 bilhão, contra R$ 647,198 milhões no terceiro trimestre de 2015. A margem Ebitda foi a 24,38%, ante 13,53% em igual intervalo do ano anterior.

Em relatório de resultados, a administração da Cemig explica que o motivo principal foi a redução da despesa com compra de energia em 2016 e a reversão de provisão de R$ 167 milhões da opção de venda da controlada Parati, que faz parte do bloco de controle da Light.

A receita líquida da Cemig cresceu 2,31%, para R$ 4,894 bilhões no período. A despesa financeira líquida aumentou para R$ 422 milhões no terceiro trimestre, de R$ 281 milhões no mesmo período de 2015.

A energia comercializada totalizou 13.841 GWh, 3,63% acima do mesmo intervalo do ano passado, no critério consolidado. As vendas de energia para consumidores finais (excluindo consumo próprio) foram a 10.826 GWh, queda de 4,32% sobre o terceiro trimestre de 2015. Já para distribuidoras e comercializadoras, geradoras e produtores independentes, as vendas alcançaram 3.007 Gwh, alta de 47,92% na mesma comparação.

Ao final de setembro, a Cemig detinha 8,228 milhões de clientes faturados, número 2,1% maior que a base de consumidores de um ano antes.