Casos de coronavírus crescem na Alemanha e aumentam temores sobre economia

A economia alemã, que já flerta com a recessão, é bastante dependente do comércio exterior, por isso pode ser afetada pelo coronavírus

Berlim – O número de pacientes com coronavírus na Alemanha saltou em mais 100 neste sábado (7), para quase 800, com uma crescente preocupação com o impacto da epidemia em uma das economias mais dependentes do comércio do mundo.

Os principais focos da doença são no oeste e no sul do país, onde um surto inicial se concentrou em um fornecedor de automóveis com uma unidade em Wuhan, onde a infecção foi detectada pela primeira vez.

 

O total é mais de 10 vezes maior do que há uma semana. Eram 66 casos em 29 de fevereiro no país, o segundo com mais casos na Europa Ocidental, atrás da Itália.

Coronavírus na França

O Ministério da Saúde da França informou no sábado que mais duas pessoas morreram devido ao coronavírus, elevando o número total de mortos para 11 pessoas.

Uma das duas fatalidades foi confirmada na parte norte da França, a outra na Normandia, informou o ministério em comunicado.

A França já confirmou 716 casos de coronavírus, um aumento de 103 em comparação com o dia anterior, informou o ministério