Casa Branca considera três nomes para a vice-presidência do Fed

Ainda não está claro se há outros candidatos para a vaga e quando a decisão final será anunciada

Washington – A Casa Branca entrevistou dois economistas que ocuparam cargos de alto escalão no governo de George W. Bush como candidatos a assumir a vice-presidência do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), segundo fontes com conhecimento do assunto.

Os entrevistados foram Richard Clarida, diretor-gerente da Pimco – maior gestora de fundo de bônus do mundo – e também professor de economia e assuntos internacionais na Universidade Columbia, e Lawrence Lindsey, que administra uma consultoria econômica em Washington.

Clarida foi secretário-assistente de política econômica no Departamento do Tesouro em 2002 e 2003. Já Lindsey foi assessor econômico de Bush em 2001 e 2002 e serviu como diretor do Fed entre 1991 e 1997. Ambos iriam satisfazer o desejo do presidente Donald Trump de preencher a vice-presidência do Fed com um economista com forte conhecimento de política monetária.

O governo Trump também considera para o posto no Fed Mohamed El-Erian, ex-executivo-chefe da Pimco e ex-vice-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Ainda não está claro se há outros candidatos para a vaga e quando a decisão final será anunciada. O processo de seleção para o segundo cargo mais importante do Fed começou de fato no mês passado, quando Trump nomeou Jerome Powell – atual diretor na instituição – para suceder Janet Yellen como presidente do BC americano. O mandato de Yellen expira em fevereiro.

Fonte: Dow Jones Newswires.