Campanhas de referendo reúnem mais de 20 mil na Grécia

Segundo os primeiros cálculos extra-oficiais, estima-se que 25 mil pessoas tenham ido à praça do Syntagma para apoiar comício convocado pelo partido de Tsipras

Atenas – Mais de 20 mil pessoas, segundo a polícia, se reuniram em cada um dos dois eventos de campanha do referendo no centro de Atenas, um a favor do ‘sim’ à proposta de acordo dos credores e outro em defesa do ‘não’.

Segundo os primeiros cálculos extra-oficiais, estima-se que 25 mil pessoas tenham ido à praça do Syntagma para apoiar o comício convocado pelo Syriza, partido do primeiro-ministro.

Na manifestação a favor do ‘sim’, convocada por uma plataforma de formações políticas, empresários e sindicatos, se reuniram cerca de 20 mil pessoas.

Antes do evento na praça do Syntagma houve confrontos isolados entre alguns manifestantes e a polícia.

Segundo indicou um porta-voz policial à Agência Efe, os problemas surgiram quando as forças antidistúrbios impediram cerca de 150 pessoas “encapuzadas” de ir até o comício.

De acordo com as mesmas fontes, durante a resistência alguns manifestantes lançaram pedras contra a polícia, que respondeu jogando bombas de gás lacrimogêneo. Uma pessoa foi presa.

Neste momento acontece um show, e em seguida o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, fará um discurso.

Na concentração a favor do ‘sim’, que ocupou toda a praça e a avenida em frente ao antigo estádio olímpico, estão discursando oradores que representam diferentes setores sociais, entre eles pequenos empresários e prefeitos de pequenos municípios.