Cameron se diz disposto a vetar projeto de orçamento da UE

O veto será aplicado caso o projeto preveja gastos inaceitáveis

Bruxelas – A Grã-Bretanha veterá o projeto de orçamento plurianual 2014-2020 da União Europeia (UE) caso preveja gastos inaceitáveis, declarou nesta sexta-feira, em Bruxelas, o primeiro-ministro britânico David Cameron.

“A resposta curta é sim”, afirmou Cameron, quando foi indagado se estaria disposto a vetar o projeto que provoca sérias divergências entre os membros do bloco.

“Não se pode o tempo todo acrescentar gastos aos gastos”, afirmou ainda o premiê.