Câmara dos EUA aprova lei de gastos para evitar paralisação do governo

A Câmara dos Representantes aprovou nesta quinta-feira uma lei de gastos orçamentários de curto prazo para evitar "shutdown"

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira uma lei de gastos orçamentários de curto prazo, no primeiro passo para evitar uma paralisação parcial (shutdown) do governo no fim deste mês. Isso manterá o governo em funcionamento normal até 21 de novembro, além de estender vários programas de saúde e outras medidas prestes a vencer.

A extensão dará aos parlamentares mais tempo para chegar a um acordo na legislação anual de gastos, uma causa importante da volatilidade em Washington. O fracasso em concordar sobre quanto dinheiro fornecer para um muro na fronteira com o México levou a um shutdown mais cedo neste ano.

“Eu espero que o Senado assuma isso, que tenhamos um acordo, e possamos enviar isso ao presidente, para que ele assine”, afirmou o líder da maioria republicana na Câmara, o democrata Steny Hoyer. A expectativa é que o Senado avalie a questão na próxima semana, antes de sair para um recesso de duas semanas.